Banner sandaliasacrianasclose

“Sandálias Acrianas” processa “Havaianas”

Acisa apoia empreendedor acriano na disputa comercial

 

Uma reunião realizada hoje à tarde na sede da Acisa pode acirrar ainda mais a “Guerra das Sandálias”. O empresário Jonas Gomes da Cruz, criador das “Acrianas”, já entrou com ação contra a Alpargatas S.A, empresa que assina a marca “Havaianas”.

 

Os advogados do empresário acriano elaboraram uma estratégia de defesa dividida em duas frentes. A primeira é processar diretamente a Alpargatas S.A, com uma ação de danos morais. “Eles precisam provar que eu agi de má fé, que cometi fraude e que pratiquei concorrência desleal”, afirmou.

 

A outra frente de defesa diz respeito às advogadas que assinam a notificação extrajudicial. A notificação, datada de 9 de junho (e registrada em cartório no dia 17 de junho), está endereçada diretamente a Jonas Gomes da Cruz. No entendimento dos advogados do empresário, o documento deveria ser destinado à empresa J.G Cruz, nome formal da empresa acriana.

 

“As advogadas não apresentaram, por meio da documentação que me chegou, sequer uma procuração assegurando que elas falam em nome da Alpargatas S.A”, analisa. “Para mim, elas não estão autorizadas a falar em nome desta empresa.

 

Em outras oportunidades, o presidente da Acisa, Jurilande Aragão, já acenou com a possibilidade de assessorar juridicamente o empreendedor acriano. “Dentro do que a lei permitir, vamos dar apoio”.

 

Jonas Gomes da Cruz já recebeu até orientações jurídicas informais da Chefia de Gabinete do governador Tião Viana. A Procuradoria Geral do Estado nega que tenha oferecido apoio e orientações ao criador das “Acrianas” por entender “que esse problema diz respeito mais à iniciativa privada”, segundo informou ao repórter o procurador do Estado, Rodrigo Neves.

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*