thumb aulao

Saúde em Movimento realiza aulão de carnaval na Concha

Aulão acontece nesta quinta-feira, às 17h

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL) realiza nesta quinta-feira, às 17 horas, na Concha Acústica do Parque da Maternidade, o Aulão de Carnaval do Programa Saúde em Movimento. O programa, antes gerenciado pela Secretaria Municipal de Saúde, agora está sob coordenação da SEMEL, mas o objetivo continua o mesmo: melhorar a saúde física e mental das pessoas, especialmente da Terceira Idade. A SEMSA é parceira efetiva no programa, realizando acompanhamento dos participantes e avaliação dos indicadores relacionados ao Saúde em Movimento.

O programa tomou uma nova dinâmica na gestão de Marcus Alexandre. A Prefeitura assumiu todos os custos após a saída da cooperativa de saúde UNIMED, que durante vários anos manteve uma parceria muito importante com o programa. “Queremos expressar nossa gratidão à UNIMED, que ajudou o programa a chegar onde está”, disse o secretário Afrânio Moura, titular da SEMEL.

O Aulão antecede a escolha da Realeza do Carnaval que também será realizada na Concha Acústica nesta quinta-feira. Equipes da SEMSA estarão presentes aferindo pressão arterial e coletando informações para o melhora acompanhamento dos participantes do programa. Os dados mostram importante redução de problemas relacionados à hipertensão, diabetes e depressão entre os participantes do programa. Os levantamentos da SEMSA confirmam o sucesso do Saúde em Movimento, que é baseado nos Núcleos de Vida Saudável mantidos pelas unidades de saúde nas regionais, e nas Academias da Saúde, que já foram denominadas de Academias da Comunidade ao Ar Livre. Há 15 delas espalhadas pela cidade. Dessas, 13 mantém professores de educação física como instrutores dos usuários. O circuito da Academia da Saúde é formado por um conjunto de dez equipamentos (remada sentada, multi-exercitador com seis funções, estimulador de cavalgada triplo, alongador com três alturas, surf duplo, pressão de pernas triplo, simulador de caminhada triplo, esqui triplo, rotação dupla diagonal triplo, rotação vertical triplo) são semelhantes aos de musculação e alongamento das academias convencionais e permitem  uma variação de mais adultos, idosos e crianças a partir de doze anos de idade, não necessitando de ajustes porque trabalham a musculatura com o uso do próprio peso do corpo. Além dos equipamentos de ginástica, as Academias da Saúde possuem placas com orientação sobre alongamento e sobre como utilizar cada aparelho.

A SEMEL e a SEMSA não tem dúvidas: a prática habitual de atividade física com o uso destes equipamentos com acompanhamento por profissionais de educação física e de saúde, além de prevenir, também pode diminuir os fatores de risco das doenças e agravos não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares e circulatórias (hipertensão, diabetes, aneurisma cerebral, infarto) e outras. “A SEMSA tem como alcançado o objetivo de levar o Saúde em Movimento a uma boa parcela da população”, avaliou José Borges, da Divisão de Agravos da SEMSA

Deixe uma resposta