thumb BrasilComercio

Se depender do comércio, Brasil já é hexacampeão

A estratégia é fazer de tudo para chamar a atenção dos clientes

No comércio de Rio Branco, o verde e amarelo se tornaram cores obrigatórias. A estratégia é fazer de tudo para chamar a atenção dos clientes, quer dizer, os torcedores. Em uma loja de roupas infantis, as vendas aumentaram bastante na véspera da Copa do Mundo.

E quem disse que o jogo de estreia do Brasil justamente no dia dos namorados atrapalhou o movimento em loja de cosméticos? Pelo contrário. “Aproveitamos para entrar no clima. Por isso, decoramos tudo, chamamos os clientes e eles vieram”, conta a vendedora Janaína Melo.

Já no comércio informal, Sebastião Muniz transformou a bicicleta em uma loja ambulante. É percorrendo a cidade e fazendo graça que ele conhece novas pessoas, conquista os clientes e claro, fatura aquela ‘graninha’ extra.

“Se o cliente pedir um desconto eu dou. Tudo nessa vida a gente tem que repartir”, brinca. Além de vendedor, ele também é um poeta. As palavras para embalar o Brasil já estão na ponta da língua.

“Aguenta coração, o jogo do Brasil vai começar. Não fale besteira, sabe por quê? O Brasil vai ser campeão”, brincou Muniz.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*