221216-cotidiano-postagemprofessor-cedida

Secretaria de Educação pede desculpas pelo episódio

Professor não reconhece erro e ataca quem critica

A mãe de um estudante de 11 anos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Áurea Pires Monte de Souza, no bairro Aeroporto Velho, divulgou a imagem da prova do garoto em que o professor faz críticas à criança.

Na prova, o professor provisório de História escreveu: “Você é um aluno mal comportado, mal educado, mal criado, mau caráter e mentiroso. Sua única coisa aprovável é sua inteligência. Espero que use para o bem”.

Sobre o caso, o coordenador Geral de Gestão da Secretaria de Educação (SEE), Justino de Queiroz, explicou que a escola já enviou relatório que será encaminhado ao departamento jurídico da secretaria para que se tome as medidas cabíveis.

“A Secretaria de Estado de Educação já tomou as providências juntamente com a equipe gestora da escola. A mãe do aluno fez um relatório para encaminhar junto com o relatório da escola ao departamento jurídico”, pontou Queiroz.

O coordenador disse ainda que tanto a direção da escola quanto a secretaria procuraram o professor para esclarecer os fatos, mas ele não foi encontrado.

Ele afirmou que os professores recebem treinamento, capacitações para aprimorar o trabalho docente e disse ainda que a secretaria desaprova esse tipo de comportamento.

“A gente sente muito pela comunidade, pelo aluno, pela família do aluno, pela própria equipe da escola porque esse não é o tipo de comportamento que a Secretaria de Educação, muito menos a equipe gestora da escola comunga. A gente sente muito e pede desculpas à família”, reconheceu.

A mãe do aluno não foi encontrada para falar sobre o assunto. Nossa equipe também tentou entrar em contato com o professor através das redes sociais, mas não conseguiu resposta.

Através de sua conta no Facebook, o professor se defende dizendo que as pessoas não sabem como é a vida de um professor. “Quando alguém acusa um professor de algo ruim, não faz ideia de quanto é difícil exercer essa profissão: estudar, planejar, se empenhar para que o aluno tenha sucesso; suportar malcriação, palavrões, ameaças de morte, calúnias e outras coisas. Ser professor é viver cansado e ganhar mal. Pense bem, antes de falar mal de um professor”.

“É fácil criticar, falar mal de um professor quando você está fora da situação. Difícil é se preparar e estar no lugar dele sofrendo o que ele sofre. Todos esquecem que professor é humano. Quem fala mal de professor sem conhecimento de causa, não passa de um ignorante”, completou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*