thumb faltaprof

Sem professores, alunos protestam em Cruzeiro do Sul

Estudantes estão há dois meses sem aula de português

Como vamos estudar sem professor para ensinar? Esse foi o principal motivo da manifestação realizada no Núcleo da Secretaria Estadual de Educação por parte dos alunos da Escola de Ensino Médio Manoel Braz de Melo, na Vila Assis Brasil, em Cruzeiro do Sul. Os estudantes de ensino médio estão há dois meses sem professor de língua portuguesa.

Os alunos e a coordenação da escola temem prejuízos no cumprimento do ano letivo na instituição de ensino.

A principal dificuldade é encontrar professores que aceitem a contratação pelos próximos dois ou três meses. É que os professores se recusam a assinar o contrato por esse período porque preferem estudar para o concurso efetivo da educação.

O coordenador do Núcleo da Secretaria Estadual de Educação, Zequinha Lima, se reuniu com os estudantes e equipe gestora da escola e explicou essa problemática que a secretaria está encontrando com a indisponibilidade de professores que queiram assumir a vaga.
 
A falta de professores é uma realidade enfrentada não apenas pela escola Manoel Braz de Melo, mas por muitas outras instituições da rede pública de ensino, principalmente aquelas localizadas em lugares de difícil acesso ou zona rural do município. A expectativa é de que com a realização do concurso publico efetivo da Educação, essa deficiência de profissionais seja superada.

Deixe uma resposta