24-03-20 remédios

Serviço de entregas aumenta volume de vendas em farmácias

Medicamentos para melhorar a imunidade são os mais procurados

Para que a população possa cumprir a quarentena voluntária, devido à pandemia do novo coronavírus, os serviços de entregas estão sendo reforçados, e os canais para a realização dos pedidos estão sendo expandidos.

Apesar do isolamento, a população têm mantido os cuidados com a saúde. “Os produtos com maior demanda tem sido Vitamina C e polivitamínicos, a fim de aumentar a imunidade, o que cria uma dificuldade para o coronavírus”, disse Armstrong Brito, gestor da rede Recol Farma.

Medicamentos como dipirona, paracetamol e antigripais também estão entre os mais procurados, seja por telefone, whatsapp ou pelo aplicativo Taki.“Nosso delivery já é estruturado, tivemos que aumentar o efetivo de pessoal para dar vasão à forte demanda”, pontuou o gestor.

A plataforma Taki aponta que quase 3 mil novos usuários se cadastraram nos últimos 7 dias. “Foi muita demanda emergencial, a demanda do delivery está muito grande, ninguém estava preparado para isso, mas a gente está se desdobrando em dez”, declarou Alexandre Viana, sócio do App.

Através da plataforma, disponível para Android e IOS, os produtos são vendidos pelo mesmo valor da loja física, sendo atrativo para o consumidor. Além disso, a Recol Farma disponibiliza taxa de entrega grátis, no Taki, durante o período de pandemia, para garantir o bem estar dos clientes.

Receituário especial24-03-20 receita-medica
Mesmo com as facilidades digitais, os remédios controlados e antimicrobianos só podem ser adquiridos diretamente na loja física, pois ainda não existe autorização da Anvisa para que sejam vendidos de outra maneira.

“Nosso corpo farmacêutico já buscou orientação no CRF (Conselho Regional de Farmácia) e CFF (Conselho Federal de Farmácia) que informam que estão aguardando regulamentação por parte das autoridades sanitárias”, garante Armstrong.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*