271117-cotidiano-semana-combate-aids

Sesacre realiza I Semana Acreana de Luta contra Aids

Lançamento aconteceu no auditório do MPAC

A Secretaria Estadual de Saúde, em parceria com o Ministério Público Estadual, realizou a abertura da I Semana Acreana de Luta contra Aids.
No dia 1º de dezembro deste ano é comemorado o Dia Mundial da Luta contra a Aids. Durante toda a semana serão promovidas ações de combate e prevenção à doença, desde a apresentação de filmes na biblioteca central a palestras sobre o tema. “Essa semana todas estamos fazendo atividades na praça e no senadinho,” disse o coordenador estadual de Aids e Hepatites, Nelson Guedes.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), o registro de número de portadores do HIV é de 117 casos, em 2017, em 2016 foram 133. Em Rio Branco, houve uma pequena redução. O registro desse ano na capital é 76 casos, no ano passado foram 89. 

Em relação ao sexo, a maioria dos casos de Aids registrados no Acre são em pessoas do sexo masculino, 594 casos, o sexo oposto totaliza 393 casos registrados de 1987 a 2017.
Segundo o professor da Ufac e médico infectologista, Thor Dantas, após anos de declínio, o número de pessoas com a doença voltou a subir. “A gente, hoje, experimenta um aumento no número de casos. Então, a gente precisa falar sobre isso, identificar quem é que está mais vulnerável hoje em dia e falar sobre estratégia de prevenção novamente.”

Dantas fala da estratégia combinada para prevenção do HIV, “é basicamente a utilização, além de preservativos e da camisinha, de medicações. Então é possível prevenir com remédios, um exemplo: uma pessoa tem o HIV e o parceiro sexual dessa pessoa não tem, se a pessoa que tem o HIV toma seus remédios adequadamente e fica com sua carga viral indetectável, ele não transmite pro parceiro. Por outro lado se a prevenção da camisinha falhou você também pode ter acesso a medicações de emergência pra ser iniciado naquele momento e pode diminuir bastante o risco de infecção.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*