28-05-21 pessoas

Taxa de pessoas desocupadas no Acre é de 16,8%, segundo IBGE

Outras140 mil pessoas estão trabalhando na informalidade

No Acre, a taxa de desocupação é de 16,8% no trimestre de janeiro a março de 2021, subindo 1,4 ponto percentual em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2020 e 3,3 pontos percentuais frente ao trimestre de janeiro a março de 2020. Essa é a terceira maior taxa e o segundo maior contingente de desocupados de todos os trimestres da série histórica, iniciada em 2012.

As regiões Norte e Nordeste possuem a maior taxa de desocupação já registrada. Nas demais, o cenário é de estabilidade em relação ao quarto trimestre do ano passado. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A opulação desocupada no Acre, que é de 61 mil pessoas, aumentou em cerca de 6 mil pessoas, o que equivale a 10,9% em relação ao trimestre móvel anterior, e cresceu 33,0% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado, estimado em 70 mil pessoas, cresceu 5,6% frente ao trimestre anterior. Já no confronto com o trimestre de janeiro a março de 2020, o contingente caiu 10,2%. O número de trabalhadores por conta própria, 94 mil pessoas, diminuiu 4,3% frente ao trimestre móvel anterior. Já em relação ao mesmo período de 2020 ouve uma redução de 2,7%.

A taxa de informalidade chegou a 46,5% da população ocupada, sendo 140 mil trabalhadores informais. Eles são os trabalhadores sem carteira assinada (empregados do setor privado ou trabalhadores domésticos), sem CNPJ (empregadores ou empregados por conta própria) ou trabalhadores sem remuneração.

O nível da ocupação, percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar, foi estimado em 43,8% no trimestre de janeiro a março de 2021, ficou estável ao trimestre de anterior. Em relação a igual trimestre de 2020, houve queda de 1,0 ponto percentual. O nível de ocupação é o terceiro menor de todos os trimestres da série histórica, está abaixo de 50%, o que indica que menos da metade da população em idade para trabalhar está ocupada no estado.

Deixe uma resposta