Banner-vendatelevisores

Venda de televisores salva comércio varejista, diz IBGE

Consumo puxou 12,5% variação de preços com eletrônicos

A venda de televisores salvou o comércio varejista no mês de maio, comparado a abril. É o que constata a Pesquisa Mensal do Comércio divulgada pelo IBGE. Dois fatores influenciaram esse fôlego no varejo: o apelo comercial do mundial de futebol e a inflação do período que perdeu um pouco de força.

A CNC calcula que os preços médios tiveram variação positiva em 0,5 por cento (aumentaram, em média 0,5%).

De acordo com a pesquisa do IBGE, os televisores fizeram o item “artigos de uso pessoal e doméstico” disparar: +12,5%, em maio. “Foi a maior taxa de crescimento anual”, diz a Confederação Nacional do Comércio.

“Já no varejo ampliado, que leva em conta as vendas do comércio automotivo (-1,9%) e de materiais de construção (-0,3%), houve queda de -0,3% em maio ante abril”, diz a CNC, apontando que a venda de automóveis teve queda.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*