thumb tjmulher

TJAC inicia projeto voltado à defesa dos direitos da mulher

Proposta visa combater a violência doméstica

O Tribunal de Justiça deu início a um novo projeto, voltado ao público feminino. Em alusão ao dia da mulher, a proposta visa combater a violência doméstica, através da conscientização sobre os direitos da mulher.

O lançamento do projeto “Justiça na comunidade: Em defesa da mulher” aconteceu na manhã desta sexta-feira (07), na associação de moradores do bairro Tancredo Neves. A atividade abre a programação do Tribunal de justiça, alusiva ao dia 08 de março, dia internacional da mulher.

Durante a solenidade, a presidente em exercício do tribunal de justiça, desembargadora Cezarinete Angelim ressaltou que a proposta visa mais uma vez, aproximar o judiciário do cidadão. “A gente sabe que muitas mulheres têm vergonha de denunciar, são agredidas mas têm vergonha de chegar até o judiciário, então esse é mais um trabalho do Poder Judiciário no sentido de se aproximar da população.”

O Projeto Justiça na Comunidade: em defesa da mulher não tem prazo para terminar. A ideia é percorrer os bairros, principalmente os mais carentes, levando informações sobre os direitos da mulher, com objetivo de combater a violência doméstica.

Segundo a juíza Shirlei Hage as mulheres têm denunciado mais os casos de agressões ”A mulher está fuçando mais esclarecida e cada dia mais está denunciando, as mulheres não estão sofrendo caladas”, afirmou a juíza.

No primeiro dia do evento, as mulheres do bairro Tancredo Neves também receberam serviços de saúde e atendimento de cabeleireiros.

Para a dona de casa Francisca Fernandes, conciliar conhecimento sobre seus direitos e cuidados de beleza é uma oportunidade que não se pode perder, “é bom porque a gente pode fazer as duas  coisas ao mesmo tempo” completou ela.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*