Banner Cidadedopovo2014

Trabalhadores da construção civil prometem fechar BR-364 em protesto por reajuste de salário

A Manifestação pode atrapalhar a solenidade de entrega de casas do Cidade do Povo

Sem avançar nas negociações, trabalhadores da construção civil radicalizam e afirmam que vão fechar a BR-364, ainda esta semana. O representante da categoria não afirmou, mas disse que o movimento de protesto pode acontecer na quinta-feira (22), dia em que o governo anuncia realizar a entrega das primeiras unidades habitacionais da Cidade do povo.

Na última sexta-feira (16), os trabalhadores da construção civil, decidiram em assembléia cruzar os braços esta semana, caso os patrões não atendam a proposta encaminhada pelo Sindicato da categoria. A decisão aconteceu dentro do canteiro de obras do empreendimento Cidade do povo, local onde trabalha a maioria dos sindicalizados.

E é justamente na quinta-feira, dia em que serão entregues as primeiras unidades habitacionais do programa, a possível data para a manifestação. Cerca de 3 mil trabalhadores estão dispostos a fechar a BR 364. “Como foi decidido em assembléia tá difícil de mudar e pode ser sim na quinta-feira, pela parte da manhã”, disse o presidente do sindicato, Aldemar Assis.

O Sindicato da categoria reivindica reajuste entre 10% e 15%, dependendo da função na construção civil. O Sindicato da indústria da construção civil alega que o percentual é insustentável para o orçamento das empresas. Foi oferecido na contra proposta é 6% e pode chegar no máximo a 7%, explica o presidente do Sinduscom, Carlos Afonso Cipriano. “A gente lamenta que tenha chegado a esse extremo, mas acreditamos que vamos conseguir resolver, por que não é com esse tipo de barganha que nós vamos conseguir avançar”, comentou.

Deixe uma resposta