030517-cotidiano-greve-correios

Trabalhadores dos Correios permanecem em greve

Proposta da empresa foi negada e greve continua

Os trabalhadores dos correios continuam em greve. O movimento nacional começou no dia 26 de abril e não tem data para acabar. Em Rio Branco, o movimento se concentra em frente a sede da empresa, na Avenida Epaminondas Jácome, centro.

A greve não tem fins orçamentários. A categoria alega que é contra a privatização dos correios, o fechamento das agências entre outros anseios. “A gente não aceita essa precarização e desmonte dos correios, fechamento de agencias, demissões incentivadas que atingiu um publico hoje de 25 mil funcionários todo o Brasil, o que vai contra o interesse dos trabalhadores.” Disse o presidente do sindicato dos correios do Acre, Edson Pinheiro.

No acre, são mais de 500 trabalhadores. Por conta da greve, alguns serviços tiveram o atendimento reduzido. A demora na entrega de encomendas também é algo inevitável. “Tem um percentual de trabalhadores trabalhando nos setores a adesão dos trabalhadores só vem aumentando o que está faltando é que tá faltando é a empresa apresentar uma nova proposta que contemple os interesses da federação e dos sindicatos.” Finalizou Pinheiro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*