041017-cotidiano-premiocnt-tvgazeta2

TV Gazeta é finalista do Prêmio CNT de Jornalismo

Reportagem denunciou o drama do transporte escolar

A TV Gazeta, afiliada da Rede Record no Acre, está na etapa final do Prêmio CNT de Jornalismo, um dos mais importantes e concorridos prêmio do país. Com o título “O Drama do Transporte Escolar”, os repórteres-cinematográficos Josenir Melo, Luiz Cordeiro e Sidney Torres e os repórteres Adaílson Oliveira e Jardel Angelim fizeram reportagens que compõe o material com outras cinco afiliadas da rede.

O material do programa Câmara Record foi ao ar em 17 de novembro de 2016. O material faz uma investigação minuciosa do problema do transporte escolar no país e toma como exemplo os estados do Acre e Maranhão.

Foram diversas idas e vindas para áreas de difícil acesso onde crianças teimam em acreditar que o estudo pode ser um instrumento de melhoria das condições de vida. Os alunos são insistentes e se esforçam diariamente em estradas de chão, carros pouco seguros e barcos também sem condições de segurança. A teimosia dos alunos não é observada pelo poder público, como denunciam a reportagem.

A premiação da 24ª edição do CNT de Jornalismo nas seis categorias (impresso, televisão, internet, fotografia, rádio e meio ambiente) é de R$ 35 mil. O Grande Prêmio (que engloba todas as categorias) paga R$ 60 mil. A entrega da premiação acontece no dia 6 de dezembro em Brasília.

Não é a primeira vez que a TV Gazeta faz parte desse seleto grupo do jornalismo brasileiro. Na década de 90, com reportagem que mostrava as condições de intrafegabilidade da BR-364. Outra participação da TV Gazeta que rendeu uma menção honrosa no Prêmio Líbero Badaró teve assinatura dos repórteres Alcinete Dasmasceno e Josenir Melo que denunciou os conflitos agrários no entorno de Rio Branco nos anos 90.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*