Ufac poderá receber R$ 19 milhões em investimentos para 2022

Não há confirmação ainda, pois a Lei Orçamentaria não foi aprovada

A Universidade Federal do Acre (Ufac) poderá receber R$ 19 milhões para o ano de 2022, se a Lei Orçamentária for aprovada. Apenas do deputado federal Léo de Brito, filiado ao Partido dos Trabalhadores, serão mais de R$ 11 milhões, e esses recursos serão divididos entre manutenção e investimentos.

“Não temos ainda a certeza do orçamento de 2022, pois a Lei Orçamentária ainda não foi aprovada. E essa emenda vem aí contemplar desde o custeio a investimento. E também a algumas obras, investimento e equipamentos, além das melhorias para os nossos laboratórios”, afirmou a reitora Quida Aquino.

Vale salientar que a universidade recebeu mais de R$ 20 milhões nos anos anteriores para o setor investimentos, porém nesse ano de 2021, foram apenas R$ 200 mil, um valor considerado bastante inferior em comparação aos anos anteriores.

Além disso, para a manutenção do campus, como limpeza, segurança, laboratórios, coordenações de reitorias e áreas externas, foram R$ 11 milhões a menos no orçamento. Com isso, foi necessário reduzir os contratos com as empresas terceirizadas.

Dessa forma, mediante tais cálculos apresentados pela reitoria da universidade, e o sem orçamento para o funcionamento, as aulas presenciais não teriam condições de acontecerem.

Sem respostas

Para que as aulas presenciais no ano que vem retornem, a Universidade Federal do Acre depende de dois fatores, primeiro a situação da pandemia contra covid-19, e o segundo se terá orçamento para manter a universidade.

Se o orçamento para 2022 for tão baixo quanto para 2021, a reitoria já descarta a aula presencial, pois a Ufac não teria condições financeiras parar abrir as portas para os alunos a partir do ano que vem.

Com informações de Adailson Oliveira

Deixe uma resposta