Banner-comerciosimples2

Universalização do Simples tem “impacto positivo” no Acre

Ministro Afif Domingos articulou a universalização do Simples

A Associação Comercial do Acre avalia que a universalização do Simples vai ter “impacto positivo” na economia local. Hoje, a presidente da República Dilma Rousseff sanciona a lei complementar que universaliza o acesso ao Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional).

A mudança ampliou para R$ 3,6 milhões por ano a movimentação das empresas. Ou seja: agora, mais empresas podem ser beneficiadas. “Isso já foi prometido muitas vezes”, afirmou o presidente da Associação Comercial do Acre, Jurilande Aragão. “Vai ter impacto muito positivo na economia local, mas é importante que cada empresário avalie e ouça o que diz o contabilista de sua empresa”.

A sanção de hoje promove mudanças a partir de 1º de janeiro de 2015 e beneficia cerca de 140 categorias que poderão pagar impostos com taxas que variam de 16,92% a 22,45%, incluindo inclusos encargos previdenciários, como a contribuição patronal ao INSS.

A sanção presidencial também beneficia profisisonais liberais que atuam dentro da margem limite. A medida do Governo é avaliada como uma articulação feita pela Secretaria Nacional da Micro ePequena Empresa liderada pelo ministro Guilherme Afif Domingos. “O Simples era aplicado apenas a alguns segmentos da economia”, lembra Afif, em declaração feita no site da presidência da República. “Agora, não. Agora beneficia até os profisisonais liberais”.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*