170517-cotidiano-obrainacabada-tvgazeta

Usuários do Parque Tucumã denunciam abandono de obra

Promessas não cumpridas são cobradas pela comunidade

No dia 30 de dezembro do ano passado, durante solenidade, o secretário de Obras Públicas, Leonardo Neder, anunciou a duplicação de um trecho de 2,6 quilômetros, da pista de caminhada que compreende o Quiosque do Coco até o antigo pinicão do conjunto Universitário. A obra prevê o investimento de R$ 1,5 milhão por parte do Governo do Acre.

No entanto, cinco meses após o início da duplicação, os usuários reclamam que a obra está paralisada e tomada pelo mato. A denúncia foi constatada pela reportagem de A Gazeta.Net, que esteve no local. As pessoas protestam também contra a largura da pista, de cerca de um metro. O mato e a escuridão também tomam conta da pista.

“Fica difícil porque essa obra já começou errada. Muito estreita e não oferece segurança aos usuários”, afirma o aposentado Gonçalves.

O secretário de Estado de Obras Públicas, Átila Pinheiro, nega que as obras estejam paralisadas. “O que nós estamos fazendo agora é a revitalização da área onde já existem equipamentos instalados”, rebate o secretário de Estado de Obras Públicas.

Pinheiro diz que após essa etapa será feita a obra de duplicação da área de caminhada dos usuários. Quanto à reclamação da pista da ciclovia, Pinheiro informa que o projeto inicial será reformulado e a ciclovia deve ser alargada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*