‘Ufac que Lê’ difunde declamação de poemas no Instagram

“Através da leitura, pessoas de diferentes idades, crenças e orientações expressam seus sentimentos”

O projeto de extensão “Ufac que Lê”, do Centro de Educação, Letras e Artes, iniciado em agosto deste ano, utiliza o perfil no Instagram para postar vídeos com poemas falados por alunos, professores e funcionários da Universidade Federal do Acre.

Idealizado pela professora do curso de Letras/Inglês, Maysa Cristina Dourado, o projeto é destinado a interessados em literatura, com o objetivo de socializar e incentivar a leitura de poemas em qualquer língua, inclusive na língua brasileira de sinais (Libras).

Mais de 30 leitores já participaram do projeto em vídeos cuja produção é feita por monitores voluntários, com supervisão da professora Maysa. Segundo ela, a procura está superando as expectativas. “A opção por compartilhar leituras usando mídias sociais se dá pelo fato de que compreendemos que, atualmente, a internet se apresenta como instrumento de grande valia para socialização e divulgação das leituras de poemas.”

A professora convida a todos que queiram ler poemas. “Através da leitura de poemas, pessoas de diferentes idades, crenças, orientações políticas e filosóficas expressam seus sentimentos e se enxergam capazes e potentes”, acrescentou Maysa. “A leitura se traduz como um momento de definição, de expressão e o seu compartilhamento, um momento de escuta, de cura.”

Deixe uma resposta