Rio Branco sedia Feira de Medicinas da Floresta e Saberes Ancestrais

Evento contará com a participação dos indígenas do povo Shanenawa

Projeto de integração e fortalecimento das culturas indígenas e afro brasileira visa proporcionar a troca de experiências, promover cultura e conhecimento. O evento “Medicinas da Floresta e Saberes Ancestrais” é uma iniciativa desenvolvida pela Tenda Umbanda Luz da Vida, em Rio Branco.

A Tenda Luz da Vida realiza neste sábado (28), das 14 às 17 horas, a 1° Feira de Medicinas da Floresta e Saberes Ancestrais, que conta com a participação dos indígenas do povo Shanenawa de Feijó (AC).

A feira é aberta ao público e inclui as atividades de venda de artesanato, artigos religiosos, culinária acreana, bem como atividades culturais, como danças, cantos e pinturas corporais. Promovida no próprio terreiro Luz da Vida, na Estrada do Quixadá, quilômetro 6, Ramal Belo Horizonte, 380. a feira é aberta ao público.

“A feira apresenta a cultura do povo Shanenawa e da Umbanda, levando alegria e conhecimento sobre a nossa ancestralidade, que vem muito dos povos indígenas. Queremos proporcionar um olhar de solidariedade às lutas dos povos indígenas, que são a fonte dos nossos ancestrais”, explica a Mãe Marajoana de Xangô, dirigente da Tenda Luz da Vida.

Vivência espiritual

No período da noite, a programação do projeto Medicinas da Floresta e Saberes Ancestrais realiza a segunda edição da vivência espiritual com as medicinas das florestas: ayahuasca, rapé, sananga e vacina do sapo (kambo), pintura corporal e defumação de ervas.

A atividade inicia às 20 horas e se estende até ao amanhecer do domingo, 29. A vivência é restrita apenas às pessoas que se inscreveram antecipadamente e já se vacinaram contra a Covid-19.

“Vamos realizar esse trabalho de cura com as nossas medicinas sagradas, um momento de muita alegria e amor”, observa a liderança indígena Vakaynu Shanenawa.

Deixe uma resposta