120117-esporte-maisnovadirigentedeclube-brasil

Acriana é a mais jovem presidente de time de futebol do país

Ela divide rotina entre direção do clube e administração de loja

Com apenas 25 anos de idade, Rafaela Escalante tornou-se a mais jovem presidente de time de futebol do Brasil. Hoje, com 26, ela faz um balanço positivo do primeiro ano à frente do Plácido de Castro, que se prepara para a nova temporada.

A entrevista ao site Agazeta.net aconteceu na loja de ferragens e ferramentas, onde ela trabalha em Rio Branco. Mais uma prova de que muitos dirigentes de clubes do estado são motivados pelo amor ao esporte. O sonho deles é dedicação exclusiva ao time, mas o caixa não permite.

E quando não está decidindo pelo clube Rafaela está administrando a empresa. Agora lançou a campanha Sócio Torcedor onde as pessoas ajudam com quantias em dinheiro e recebem algumas vantagens como desconto na compra da camisa, participação em sorteio de ingressos e até direito a voto no clube.

A dívida do tigre do Abunã é de aproximadamente R$ 10 mil. Pouco em relação a outros clubes, mas que ainda preocupa Rafaela.

Como em praticamente todas as categorias do esporte, o financeiro pesa. A composição do elenco do Plácido para este ano que deve ser apresentado no dia 16 e também leva em conta este fator.

“A gente ainda está com algumas conversas para serem finalizadas esta semana. Já fechamos com alguns jogadores e estamos buscando pela região, por que sai muito custoso trazer jogadores de fora e na nossa situação não estamos podendo investir muito”, explica.

Segundo Rafaela, o técnico foi definido esta semana. “Conversei com ele ontem, a gente fechou. É o Faísca, já foi treinador do Vasco, foi campeão na segunda divisão com o Humaitá. Foi uma escolha bem bacana. Já conversamos, ele está motivado, trouxe algumas peças que ele quer que componha o elenco e a gente vai montar uma equipe bem bacana”, disse.

Ciente de que o clube está atrasado em relação aos demais, que já estão em fase de treinos e até competindo como o caso do Rio Branco, na Copa São Paulo, Rafaela acredita em resultado melhor, para superar a temporada passada.

“A gente vai entrar com pensamento de se manter, fazer um campeonato bem melhor do que foi no ano passado, que foi desastroso. Foi vergonhoso. O Plácido sempre tem boas equipes e ano passado não foi tão bom quanto a gente gostaria”, afirma a presidente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*