Banner VergonhaBrasil

Alemanha humilha o Brasil e aplica sonora goleada (7×1)

Apesar do otimismo dos acreanos, hexa dá um até breve

Minutos antes de começar o jogo, tinha gente fazendo compras. “Estava trabalhando e só agora tive tempo para comprar meu almoço e torcer pelo Brasil”, comentou o vigilante José Abreu.

Depois que ele foi embora, hora de fechar as portas de um supermercado da capital acreana e acompanhar a semifinal entre Brasil e Alemanha. Antes da bola rolar, a expectativa era a melhor possível.

Entre os funcionários, os palpites variavam: 1 a 0, 2 x 1 e os mais otimistas apostavam em 3 a 1 para a seleção. A televisão foi colocada no lugar mais alto, ali no improviso e pra ninguém perder nenhum lance.

O jogo começa, nos primeiros lances de perigo no gol da Alemanha é impossível ficar parado. Minutos depois, o início da decepção. Os europeus abrem o placar. “A gente vai empatar e virar no segundo tempo”, apostou o repositor Ronny Max.

E essa confiança logo foi abalada. Em dez minutos, os alemães fizeram três gols. Cada minuto era um verdadeiro martírio. As expressões de ‘não estou acreditando nisso’ tomaram conta de cada pessoa.

Em uma rua do Conjunto Esperança, a alegria de sempre deu espaço para a tristeza. Um segundo tempo que mesmo diante do quase impossível, os acreanos ainda tinham a expectativa que a seleção poderia surpreender.

De novo, não deu certo. No final, tinha gente vibrando com a Alemanha, tamanha a decepção. Outros resolveram tirar uma soneca. “Uma vergonha este jogo. Nunca esperava isso”, conta o aposentado Roque Vieira.

Final de jogo, Alemanha 7, Brasil 1. A maior derrota da seleção canarinho em Copas do Mundo. Ruim para o Antônio Martins, o vendedor estava pronto para faturar com a vitória brasileira. Agora, vai ter que esperar um pouquinho mais. “Estou casado com esta mercadoria até 2018”, brincou.

O jogo

Um começo arrasador da equipe alemã. Sem dar chances ao Brasil, os alemães começaram com um ritmo frenético a partida e já no primeiro tempo marcaram cinco gols.

A Alemanha apostou nos contra-ataques, toque de bola e bolas paradas, enquanto o Brasil, visivelmente abatido, ainda permitiu mais dois gols alemães no segundo tempo.

Alemanha se classifica agora para a grande final da Copa, contra Holanda ou Argentina. Equipe brasileira disputa terceiro e quarto lugar neste sábado (12), em Brasília.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*