thumb andersonsilva

Anderson Silva descarta lutar taekwondo na Olimpíada

Atleta disse ter cogitado a hipótese de parar de lutar

O brasileiro Anderson Silva afirmou que desistiu dos planos de representar o Brasil no taekwondo nos Jogos Olímpicos. Foi durante a entrevista coletiva para seu combate da madrugada de domingo (29), quando tentará recuperar o título do americano Chris Weidman.

“Seria uma honra representar o Brasil nos Jogos, mas não tenho tempo hábil para isso”, respondeu um bem-humorado Anderson, que chegou a imitar Ronaldo e Felipão na entrevista coletiva. “Fora isso, papai (apontando para Dana White, presidente do UFC) não quer.” O desafiante também demonstrou confiança.

“Estou com menos pressão nessa luta, não estou vindo de cirurgia (como na primeira luta), as dúvidas e a supertempestade Sandy [que destruiu a casa de Weidman]”, disse o lutador americano. “Não sei o que haverá de diferente nessa luta, pergunte para ele [Anderson]. Mas nessa altura, eu não me importo.”

Aposentadoria

Anderson Silva disse ter cogitado a hipótese de parar de lutar após perder o cinturão para o americano Chris Weidman, por nocaute, em julho, em Las Vegas (EUA).

“Após a última luta, fui para o quarto e dei uma pensada”, disse Anderson. “Dei uma pensada, ‘acho que está na hora de parar’.” Foi aí que Anderson recebeu uma ligação de seu filho. “Ele disse, ‘pai, faça o que tem que fazer’ “, explicou Anderson, sobre sua decisão de continuar lutando.

Anderson Silva descarta lutar taekwondo na Olimpíada

 

Atleta ter cogitado a hipótese de parar de lutar após perder o cinturão

O brasileiro Anderson Silva afirmou que desistiu dos planos de representar o Brasil no taekwondo nos Jogos Olímpicos. Foi durante a entrevista coletiva para seu combate da madrugada de domingo (29), quando tentará recuperar o título do americano Chris Weidman.

“Seria uma honra representar o Brasil nos Jogos, mas não tenho tempo hábil para isso”, respondeu um bem-humorado Anderson, que chegou a imitar Ronaldo e Felipão na entrevista coletiva. “Fora isso, papai (apontando para Dana White, presidente do UFC) não quer.” O desafiante também demonstrou confiança.

“Estou com menos pressão nessa luta, não estou vindo de cirurgia (como na primeira luta), as dúvidas e a supertempestade Sandy [que destruiu a casa de Weidman]”, disse o lutador americano. “Não sei o que haverá de diferente nessa luta, pergunte para ele [Anderson]. Mas nessa altura, eu não me importo.”

Aposentadoria

Anderson Silva disse ter cogitado a hipótese de parar de lutar após perder o cinturão para o americano Chris Weidman, por nocaute, em julho, em Las Vegas (EUA).

“Após a última luta, fui para o quarto e dei uma pensada”, disse Anderson. “Dei uma pensada, ‘acho que está na hora de parar’.” Foi aí que Anderson recebeu uma ligação de seu filho. “Ele disse, ‘pai, faça o que tem que fazer’ “, explicou Anderson, sobre sua decisão de continuar lutando.

Deixe uma resposta