Andirá se despede da Copinha com derrota para o Desportivo Aliança-AL

Mesmo derrotado três vezes, Morcego consegue boa visibilidade para atletas

A trajetória do Andirá na Copinha 2022 chegou ao fim neste sábado (8). A equipe acreana foi derrotada por 3 a 0 para o Desportivo Aliança-AL, no estádio Gilbertão, em Lins-SP. Guilherme (2) e Pedro Jobson marcaram os gols da vitória do Tricolor Alagoano.

A equipe do Andirá entrou em campo somente para cumprir tabela, pois já não tinha mais chances de conquistar a classificação. Por sua vez o time alagoano, além de vencer a partida, o que consegui, ainda torcia por uma goleada do Atlético-MG sobre o Linense-SP. O Galo foi derrotado por 1 a 0 pela equipe do interior paulista e acabou frustrando os planos dos nordestinos.

O Morcego entrou em campo desfalcado do goleiro Tomate e do atacante Ruan Victor, que por estarem em negociação com outras equipes, foram orientados a não participarem do jogo para evitarem algum problema físico. Outra ausência foi a do volante Robertinho, que ficou fora cumprindo suspensão por ter sido expulso no jogo anterior.

Apesar do fraco desempenho da equipe acreana o resultado foi bem positivo. A visibilidade dos meninos do morcego foi um objetivo que foi atingido. Pelo menos três atletas estão sendo sondados e provavelmente serão negociados com outras equipes. O goleiro Tomate, que até o momento é o assunto mais comentado da competição, tanto por seu desempenho dentro de campo quanto pela repercussão do que aconteceu fora das quatro linhas, é um dos atletas que estuda algumas propostas para deixar o Andirá. O choro do atleta após ser substituído na partida contra o Atlético-MG já lhe rendeu mais de 550 mil seguidores em uma rede social.

Mais dois jogadores também atraíram os olhares de outros clubes. O também goleiro Carlos recebeu proposta do Fluminense-RJ, para realizar um período de testes na equipe carioca. Já o atacante Ruan Vítor está praticamente acertado com a Ferroviária de Araraquara-SP, de acordo com informações fornecidas pelo treinador Kinho Brito.

Deixe uma resposta