thumb Sport

Copa do Nordeste: Sport bate Ceará e se aproxima do título

Partida de volta será na próxima quarta, em Fortaleza

O Sport larga na frente na decisão da Copa do Nordeste! A noite de quarta-feira foi iluminada para os torcedores rubro-negros, que protagonizaram uma grande festa na Ilha do Retiro. O resultado da energia positiva que vinha das arquibancadas foi uma vitória por 2×0 que deixa o Leão com uma boa vantagem para o jogo da volta, que vale o título da competição regional.

Os gols rubro-negros foram marcados pelo “matador” Neto Baiano e o lateral-esquerdo Danilo, que entrou muito bem no segundo tempo da partida.

O jogo

Como era esperado, a torcida rubro-negra cumpriu a sua missão de forma exemplar na Ilha do Retiro. Encheu o estádio e apoiou o Sport do início ao fim da partida. Empurrados pela massa leonina, os jogadores pernambucanos retribuíram os sonoros gritos da arquibancada com um gol do artilheiro Neto Baiano – o seu quinto no campeonato, logo aos 12 minutos de jogo.

Após cruzamento de Ananias, o camisa 9 do Leão se livrou do marcador e deu um toque sutil na saída do goleiro.

A pressão dos torcedores e a postura das equipes eram mesmo dignas de decisão. O primeiro tempo foi bastante movimentado e, apesar de truncado, ambos os times mostravam que não chegaram na final à toa.

Mesmo com a vantagem, o time leonino continuou imprimindo um ritmo forte no ataque, principalmente nas jogadas de velocidade de Érico Júnior e Ananias. O Ceará também chegava bem na frente e causava perigo. Porém, os homens de marcação e o goleiro Magrão, que fez pelo menos duas grandes defesas, estavam numa noite inspirada.

No fim da primeira etapa, o Leão esteve muito perto de aumentar o placar, em lances com Ailton, Páscoa e Érico Júnior. Mas terminou indo para o intervalo com apenas 1×0 a seu favor. No segundo tempo, os cearenses continuaram valorizando o resultado positivo do Sport. Magrão precisou trabalhar em pelo menos dois lances. Os leoninos já não tinham o mesmo rendimento ofensivo na partida. Mas continuaram honrando as cores do clube da Praça da Bandeira.

Aos 33 minutos, o Ceará perdeu o volante João Marcos, expulso com o segundo amarelo e o Leão voltou a crescer na partida. Danilo, que entrara na segunda etapa, chegou perto de marcar em duas oportunidades. Mas, na terceira chance, o lateral que vem jogando de meia não perdoou. Colocou a bola no fundo das redes e fez a Ilha do Retiro balançar. Um gol salvador, que deu ao Leão mais chances de voltar a ser campeão do Nordeste.

Deixe uma resposta