thumb equ e fra

Equador enfrenta França em busca de uma vaga no Grupo E

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira, no Maracanã

Equador e França chegam para duelar pela terceira rodada do Grupo E buscando a classificação para as oitavas de final, mas em situações distintas. Enquanto os franceses têm seis pontos e lideram a chave, os equatorianos somam três e levam vantagem sobre a Suíça apenas no saldo de gols. A partida desta quarta-feira (25) será às 17h, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

O técnico do Equador, Reinaldo Rueda, admite uma pressão a mais pela equipe ser a única das seis sul-americanas que ainda não está garantida na próxima fase. “Não queremos ficar para trás. Essa tensão existe, entre nós mesmos e no próprio país, que estão vendo os rivais se classificarem, mas depende apenas de nós mesmos e para isso vamos jogar para classificar”, afirmou.

O colega francês, Didier Deschamps, que comanda os Bleus, pontuou algumas razões para o sucesso dos sul-americanos no torneio até o momento. “Eu também tento chegar a uma conclusão. Há muitas equipes europeias que foram eliminadas na primeira fase. Estamos no Brasil e as equipes da América do Sul se adaptam mais facilmente, estão mais próximas de seus países, contam com muita torcida. Então têm uma força e uma energia a mais. Houve surpresas também, o que mostra que não há muitas diferenças entre as equipes e que todas as partidas são difíceis”, analisou.

Os comandantes elogiaram os rivais, que pela primeira vez se enfrentarão em uma Copa do Mundo. Reinaldo Rueda garantiu a mesma postura ofensiva que o Equador procura adotar em todos os jogos. “Penso que tudo parte da concentração e da organização que temos que ter em campo, para sermos ofensivos. A França tem jogadores importantes em todos os setores, é uma equipe bem estrutura e que arrancou bem no torneio, com um bom futebol, bons resultados e muita eficiência para fazer os gols”.

Mesmo com a classificação bem encaminhada, o técnico francês destacou a seriedade com que a seleção irá encarar o duelo. “Vamos tentar manter o que fizemos até aqui. Mesmo que estejamos em ótima posição, vamos tentar concluir o trabalho para terminarmos em primeiro do grupo. O Objetivo certamente é ganhar do Equador, que tem boas possibilidades de classificação. Tenho muito respeito pelo Equador, é uma equipe de qualidade, não será simples. Encaramos o jogo com muita seriedade”, destacou Deschamps, que também elogiou a movimentação da linha de frente equatoriana.

Deixe uma resposta