thumb felipaoCBF

Escolhidos os 23 jogadores da Seleção Brasileira para a Copa

Dos convocados, só 6 não são estreantes em Copas do Mundo

Após a decepção da Copa de 2010, a Seleção Brasileira pedia uma renovação. Nesta quarta-feira (7), o técnico Luiz Felipe Scolari provou que a solicitação foi atendida. Dos 23 jogadores convocados, só não são estreantes em Copas do Mundo Júlio César, Daniel Alves, Maicon, Thiago Silva, Ramires e Fred. Confira os nomes:

Goleiros

Jefferson (Botafogo)

Julio César (Toronto)

Victor (Atlético-MG)

Zagueiros

Dante (Bayern de Munique)

David Luiz (Chelsea)

Henrique (Napoli)

Thiago Silva (PSG).

Laterais

Daniel Alves (Barcelona)

Maicon (Roma)

Marcelo (Real Madrid)

Maxwell (PSG).

Meio-campistas

Fernandinho (Manchester City)

Hernanes (Inter de Milão)

Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Oscar (Chelsea)

Paulinho (Tottenham)

Ramires (Chelsea)

Willian (Chelsea)

Atacantes

Bernard (Shakhtar)

Fred (Fluminense)

Hulk (Zenit)

Jô (Atlético-MG)

Neymar (Barcelona)

“Depois de estudarmos e trabalharmos esse tempo todo, chegamos a uma conclusão de nomes. Sei que muitas vezes podemos concordar ou discordar, mas queria solicitar a nossos torcedores que os nossos 23 convocados sejam muito bem recebidos e tratados como sempre fomos tratados. E que todos juntos tenhamos daqui pra frente um norte. Seguimos em direção àquilo que mais desejamos que é conquistar a Copa do Mundo 2014. Tenho certeza que os 23 escolhidos vão fazer o melhor pelo nosso objetivo”, afirmou o treinador.

Após testar 55 jogadores desde que reassumiu a Seleção, no final de 2012, Scolari escolheu seus 23. Felipão ainda fará uma lista com sete nomes adicionais e, em caso de lesão, poderá substituir jogadores antes do Mundial.

O técnico, que levou a Seleção Brasileira ao pentacampeonato mundial em 2002, agora terá a missão de conduzir o grupo ao hexa e ainda espantar o fantasma de 1950, quando o Brasil foi derrotado em casa na final da Copa pelo Uruguai. Faltam 36 dias para o segundo Mundial a ser realizado em terras brasileiras. A Copa começa no dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo, com o jogo entre Brasil e Croácia.

Bom retrospecto

Desde que reassumiu a Seleção Brasileira – a estreia foi numa amistoso com a Inglaterra, no dia 6 de fevereiro de 2013, que ficou 2 x 1 para os britânicos -, Felipão acumula 20 jogos, com 14 vitórias, 4 empates e 2 derrotas (além dos ingleses, a Suíça também venceu um amistoso, por 1 x 0, no dia 14 de agosto de 2013). Com Scolari no comando, o Brasil marcou 49 gols e sofreu 15 desde 2013. O aproveitamento é de 75%.

Com o grupo fechado, o trabalho entra na reta final. A Seleção Brasileira se apresenta na Granja Comary, no Rio de Janeiro, no dia 26 de maio, para iniciar a preparação específica para a Copa do Mundo. Antes da estreia no dia 12, o time fará dois amistosos: no dia 3 de junho, o Brasil enfrentar o Panamá, no Serra Dourada, em Goiânia; três dias depois, a Seleção entra em campo para medir forças com a Sérvia, no Morumbi, em São Paulo.

Em 2002

Certamente não houve brasileiro submetido a maior pressão do que o técnico da Seleção Brasileira nos meses que antecederam a convocação para a Copa do Mundo de 2002.

Felipão se viu cercado por todos os lados: imprensa, torcedores, técnicos de plantão, todos clamavam pela chamada de Romário, o herói do tetra e maior esperança de gols para a conquista do penta.

Fiel ao planejamento traçado – assumiu a seleção um ano antes, em meio às Eliminatórias -, Felipão seguiu o que ditava a sua consciência e a convicção no acerto do trabalho da comissão técnica.

Naquele 6 de maio de 2002, debaixo de grande expectativa, o técnico divulgou a lista dos 23 – sem o nome do artilheiro.

Deixe uma resposta