040318-esporte-campeonato-acreano

Final do 1° Turno do estadual é decidida nos pênaltis

Galvez leva a melhor e vence o Galo

A final do primeiro turno do Campeonato Acreano foi marcada por muita emoção. E pra ser mais empolgante ainda, terminou nos pênaltis. O imperador venceu por 4 a 3 , após o empate em 1 a 1 no tempo normal.

O duelo dos gigantes do futebol acreano começou com posse de bola do Imperador. Foram várias oportunidades de gol que surgiram, mas o Atlético estava determinando a não deixar o adversário marcar.

O restante do primeiro tempo foi de ataques do Atlético, com velocidade, sempre no rumo do gol. Mas a zaga do Galvez e o goleiro Máximo estavam atentos.

Ninguém queria abrir mão do título e por consequência, surgiram muitas faltas e até jogadores se estranhando.

Mesmo pressionando, o Atlético não marcou e o Galvez foi para o vestiário com a mesma missão: de voltar e abrir o placar.

Logo no início do segundo tempo, o Galvez dominou a bola e Taumaturgo quase marca. Foi um super chute.

O galo foi para o contra ataque, mas a defesa do Imperador marcava forte.

O placar abriu para o Galvez num vacilo do goleiro Rafael Barros. Ele tocou muito de leve e a bola entrou. A torcida levantou. Adriano foi o autor do gol.

O jogo esquentou ainda mais e a marcação serrada rendeu mais faltas.

O Atlético não conseguiu concluir jogadas, desperdiçou oportunidades claras de gol.

Aos 42 minutos o gol de honra do Atlético chegou com o zagueiro João Marcus, de cabeça, após cruzamento de Eduardo.

Nos minutos finais o nervosismo tomou conta dos jogadores de ambos os times. O capitão do Atlético, Diego, fez falta e como já tinha dois cartões amarelos, foi expulso.

Teve mais confusão nos bancos de reservas.

Uma sessão de empurra empurra e xingamentos resultou nas expulsões de Psica do Atlético e Marinho do Galvez.

E a final não poderia ser mais emocionante. O torcedor quase infartou. Com empate de 1 a 1, a decisão do título foi para os pênautis.

Começou com Rafael Barros do Galo, que bateu pra fora.

Depois foi Ciel, pelo Galvez que marcou.

Pelo galo mais uma vez, Eduardo, mas o goleiro defendeu.

Na segunda cobrança do Galvez Léo Mineiro também marcou deixando o placar em 2 a 0.

Neto cobrou o terceiro do Atlético e diminuiu, 2 a 1

Chumbo foi para a cobrança e marcou o terceiro para o Galvez.

Kássio fez o segundo do galo.

Na quarta cobrança do imperador, Gilson falhou.

Rafael Tanque cobrou e empatou para o Atlético 3 a 3

Na vez de Ley também não teve gol

Polaco cobrou, mas mandou a bola pra fora

Na cobrança de Tafarel do Galvez veio o título, ele fez 4 a 3.

Imperador Galvez, campeão do primeiro turno do Campeonato Estadual de Futebol do Acre.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*