020217-esporte-mago-tvgazeta

“Mago” inicia treinos com equipe do “Tourão”

Equipe do Humaitá reinicia participação no campeonato

Com muita dificuldade financeira, o Humaitá se prepara para disputar o Campeonato Acreano. O experiente técnico Marcelo Altino está dirigindo a equipe estreante na primeira divisão e promete surpreender.

Com 69 anos de idade e muita disposição para compartilhar experiência, o técnico Marcelo Altino encara a partir desta semana, a responsabilidade de conduzir a equipe do Humaitá. O técnico anterior pediu para se afastar, justificando problemas familiares.

Marcelo Altino tem um currículo extenso no futebol regional e de outros clubes pelo país. Só no Acre treinou o Rio Branco, o Plácido e o Vasco. Por três vezes ele passou pelo Estrelão. Agora com o Humaitá a meta é não ser eliminado e ficar entre os quatro finalistas do campeonato acriano.

“Nós temos meta pra isso e vamos trabalhar de segunda a sábado. Vamos conseguir fazer um trabalho vitorioso aqui no Humaitá”, afirmou.

Além da classificação, o Humaitá precisa correr atrás do patrocínio. É que 90% dos jogadores não recebem para atuar. Estão no time por amor à camisa. No ano passado, quando o Humaitá ganhou o título da segunda divisão, 11 jogadores foram embora. Foram contratados por clubes que garantiram o salário.

Hoje, o time de Porto Acre conta com guerreiros como Welison Bebeto, que além de trabalhar como operador de máquina reserva tempo e dedicação aos treinos. Esse é o terceiro ano dele como volante da equipe.

“A gente tenta conciliar o emprego nosso, por que não tem como deixar por que a gente não vive do futebol. Nós ‘vem’ no dia a dia porque a gente gosta mesmo”.
O presidente do “Tourão”, José Lima, conhecido como Zezinho, precisa contornar a crise financeira do clube. Ele é caminhoneiro e dedica as horas de descanso cuidando dos interesses do time. Zezinho é o fundado do Humaitá e espera por apoio, para impulsionar os treinos e o desempenho dos atletas.

“Se Deus quiser vamos conseguir. Temos projetos e peço colaboração de quem puder ajudar a gente, que sensibilize com nossa situação, por que tá precário aqui. Fazer esporte é muito difícil”, lamentou.

Nas mãos do técnico carioca, está uma equipe formada essencialmente por jogadores da comunidade de Porto Acre, que vão estrear na primeira divisão. Existem poucas exceções como o ex-goleiro do Atlético, Charles, que deve se apresentar nesta quinta-feira e também o zagueiro Marinho que no ano passado jogou no Alto Acre.

“A garotada tá reagindo bem, treinando, focada para o dia 19, na estreia contra o Galo, na vitória que é o objetivo que todos almejam”, disse.

Segundo Altino, o desafio é grande, mas a vontade de ficar na primeira divisão é ainda maior. “Sempre peguei clubes, jogadores com muitas dificuldades e tenho uns métodos de trabalho e nós vamos surpreender”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*