thumb FluHorizonte

No Ceará, Fluminense perde para o Horizonte; 3 a 1

Vaga da Copa do Brasil será definida no Maracanã

O Fluminense foi derrotado por 3 a 1 pelo Horizonte na noite desta quinta-feira, 20, na casa do adversário, em Horizonte, cidade a 40 quilômetros de Fortaleza, na estreia da Copa do Brasil. Agora, o Tricolor terá de vencer por 2 a 0 ou por três gols de diferença, caso sofra gol, para conquistar a classificação à segunda fase da competição. A segunda partida será disputada no Maracanã, dia 10 de abril, às 21h50.

Logo no primeiro minuto de jogo, o Fluminense quase chegou ao gol, em boa jogada de Walter, que chutou cruzado e Fred quase alcançou. O Horizonte respondeu com finalização de Dico, mas Diego Cavalieri estava na bola. Diante da marcação sofrida no meio de campo, o Tricolor buscava jogadas pelas laterais.

Aos 12, o Horizonte saiu na frente através do atacante Dico. A resposta veio dois minutos depois, em boa jogada de Walter, que serviu para Conca se antecipar à marcação e empatar a partida. Walter e Conca organizavam as principais jogadas e levavam perigo ao time cearense.

O Tricolor pressionou aos 30, primeiro num lindo chute de Conca. A bola ia morrer no ângulo direito do goleiro, mas a zaga afastou em cima da linha. No rebote, a bola sobrou para Elivelton, que chutou raspando a trave esquerda de Jefferson. Aos 39, o Horizonte assustou com Marciel, mas Cavalieri defendeu com segurança. Na sequência, Fred acertou o travessão.

Depois de 18 minutos sem jogadas de maior perigo para os dois lados, o Horizonte chegou ao segundo gol, marcado por Marciel. Aos 25, o Flu quase chegou ao gol de empate, após cobrança de falta de Jean. A bola estourou na barreira e Wagner bateu forte no rebote, à esquerda do goleiro.

Em seu primeiro toque na bola, aos 29, Kenedy recebeu cruzamento de Wagner, mas errou o chute, que saiu por cima do gol. O goleiro Jefferson salvou mais um ataque do Fluminense, em nova investida de Wagner pela esquerda do ataque. Aos 37, o Tricolor insistiu mais uma vez pelo lado esquerdo em ataque finalizado por Biro Biro. A bola encobriu o travessão.

Kenedy voltou a assustar o time da casa, ao receber cruzamento da direita e bater por cima do gol, aos 41. Jajá marcou o terceiro gol do Horizonte aos 45. Diguinho lamentou o mau resultado do Fluminense, mas não perdeu a esperança na briga pela classificação à segunda fase da Copa do Brasil:

– Acabamos perdendo o jogo. Lógico que não esperávamos. Sabíamos que não teríamos facilidade em campo, mas não deu. Com a qualidade que sabemos que temos, é possível reverter. É preciso ter cabeça boa para acertar. Não deu certo e temos que pensar também no jogo de domingo, pelo Carioca, e deixar o Horizonte para a semana seguinte – afirmou o volante.

HORIZONTE-CE 3  X 1 FLUMINENSE

Local: Horácio Domingos, em Horizonte, no Ceará

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

Gols: Dico aos 12 minutos do primeiro tempo (HOR) e Conca, aos 15 minutos do primeiro tempo (FLU); Marciel, aos 17 minutos do segundo tempo, e Jajá, aos 46 minutos do segundo tempo (HOR)

HORIZONTE-CE: Jefferson, Diego Maradona (Franklin), Douglas, Ramon, Rick, Albano, Rafael, Fernando Sobral (Adriel Goiano), Diego Palhinha (Jajá), Marciel e Dico. Técnico: Roberto Carlos

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton e Chiquinho; Valencia, Diguinho (Biro Biro), Jean e Conca (Wagner); Walter (Kenedy) e Fred. Técnico: Renato Gaúcho

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*