thumb fortce

No Cearense, Fortaleza empata Clássico Rei e segue líder

Placar de 1 a 1 premiou o bom futebol das duas equipes

Um clássico recheado de emoções e rivalidade foi o que se viu na tarde deste domingo (09) na Arena Castelão. Ao final o placar de 1 a 1 premiou as duas equipes. O Ceará saiu na frente com o zagueiro Sandro. O Leão empatou com Robert, ambos no primeiro tempo de jogo. No balanço geral o Tricolor foi melhor, mas não conseguiu virar o placar.

Destaque para o grande público que compareceu ao Gigante da Boa Vista, superior a 39 mil pessoas, proporcionando uma bonita festa, principalmente do lado da Maior Torcida do Estado, que reviveu os grandes dias no Castelão.

Com o resultado o Fortaleza segue líder invicto, com 10 pontos ganhos em quatro jogos. Já são vinte jogos sem perder no Estadual. Agora o Tricolor de Aço se prepara para o compromisso de quarta feira contra o Horizonte fora de casa.

1º tempo

O jogo começou equilibrado, com os dois times em clima de muito estudo, e pouca criatividade. A primeira chance do jogo foi para o lado alvinegro, logo aos três minutos, Ricardinho lançou para Magno Alves dentro da área, mas Luis Henrique saiu na providencial. O Tricolor respondeu aos oito minutos, quando Marcelinho Paraíba fez uma metida para Robert dentro da área, mas ele não chegou na bola e Luis Carlos conseguiu defender.

Com a tensão de início controlada, o jogo começou a melhorar e as duas equipes passaram a trabalhar mais a bola. Pelo lado do Leão, as jogadas sempre passavam por Marcelinho Paraíba. Mas aos 21 minutos o alvinegro abriu o placar. Em jogada ensaiada na cobrança de escanteio, Ricardinho cruzou no primeiro pau, na cabeça de Sandro que cabeceou colocado e marcou Ceará 1 a 0.

O Fortaleza teve a oportunidade de empatar aos 28 minutos. Robert lançou pela direita para Marcelinho Paraíba, que invadiu a área e chutou, mas Luis Carlos conseguiu defender. Pressionando a equipe alvinegra, aos 37 minutos o Leão conseguiu o empate. Em jogada bem trabalhada, Walfrido recebeu na área e chutou para o gol, o goleiro rebateu e no rebote o artilheiro Robert completou. Fortaleza 1 a 1.

Depois do gol o Leão voltou a dominar as ações, mas não conseguiu chegar ao gol alvinegro. Final de primeiro tempo. 1 a 1.

2º tempo

A etapa complementar começou assim como o 1º tempo, com movimentação no setor de meio campo. O Fortaleza continuava melhor no jogo, e o Ceará matando as jogadas com faltas. Aos poucos o jogo foi ficando equilibrado novamente, até que o Ceará teve a primeira chance de desempatar, após cobrança de escanteio que Luis Henrique fez bela defesa.

Havia certo equilíbrio nas ações, mas a equipe do Fortaleza era mais aguda e ameaçava constantemente. E em jogada de velocidade a bola foi lançada para Robert na área, ele girou e soltou a bomba, estufando as redes do alvinegro, mas quando partia para a comemoração viu o aceno do árbitro Cleuton Lima confirmando impedimento assinalado pelo assistente Marcos Brígido.

Na reta final o jogo caiu na qualidade técnica. A estas alturas os técnicos já haviam promovido as três mudanças cada um. Pelos lados do Tricolor, Chamusca fez entrar Waldison, Diego Neves e Danilo Rios, para as saídas de Edinho, Robert e Marcelinho Paraíba, mas a marcação do Ceará prevalecia, e as tentativas de ataque do alvinegro se resumiam às jogadas de bola parada, sem resultado.

Deixe uma resposta