thumb Paulinho-Fla

Paulinho comemora fase positiva no Flamengo

“Estou mais forte do que nunca”, disse

Sem render o esperado no início da temporada, Paulinho deu a volta por cima após recuperar-se de lesão no púbis. Após marcar dois gols essenciais para o Fla pelo Carioca e pela Copa Bridgestone Libertadores, o jogador admite que o tempo fora das quatro linhas foi essencial para seu amadurecimento e o bom momento que vive no Flamengo.

“Estou mais forte do que nunca. Espero poder continuar o ano inteiro assim. No começo do campeonato, estava mal, ciente de que não estava rendendo, e a lesão me ajudou a botar a cabeça no lugar, treinar forte. Como na Copa do Brasil eu estava bem, como um dos destaques, o jogador fica com excesso de confiança. A lesão me ajudou bastante. Ficar dois três jogos no banco nos faz ver que não somos absolutos. Coloquei a cabeça no lugar e agora estou 100% para ajudar o Flamengo. O Paulinho está de volta”, garantiu o atleta.

Além dos gols decisivos no Equador, contra o Emelec, e no Maracanã, no empate com o Vasco, Paulinho colocou a bola na rede outras duas vezes após seu retorno aos gramados. O atacante conta que gosta mesmo de ser garçom para os companheiros, mas que a melhor nas suas finalizações pode ter um efeito surpresa.

“Quando cheguei, minha finalização não estava no ponto. A bola ia para lateral, batia no zagueiro… Não sou de chutar muito, prefiro dar o passe, e de vez em quando é bom surpreender o adversário”, disse.

Para o “mata-mata antecipado” da próxima quarta-feira (09.04), Paulinho sabe que o time entrará no Maracanã lotado apenas em busca da vitória, na partida decisiva para o Rubro-Negro passar às oitavas de final da Copa Bridgestone Libertadores.

“É um time que joga perto (León), gosta de tocar bastante a bola e mantém a postura dentro e fora de casa. Vai para cima, marca forte e vai vir do jeito que jogamos lá no México. Teremos uma batalha e temos que vencer o jogo, conseguir fazer um gol no primeiro tempo para segurar no segundo. Vamos jogar como se fosse uma final”, afirmou.

Deixe uma resposta