Rio Branco e Asa-AL empatam no primeiro confronto das oitavas de final

A decisão da vaga para as quartas de final será definida no próximo domingo, em Arapiraca, interior alagoano

Foto: Manoel Façanha

Reeditando o encontro decisivo de 13 anos atrás pela série C, que valia o acesso a segunda divisão do Brasileirão, Rio Branco e Asa-AL de Arapiraca voltaram a se enfrentar neste domingo (07). Dessa vez, pelo primeiro jogo das oitavas de final do campeonato da quarta divisão.

Jogando em casa e com o apoio da torcida, que vem aumentando a cada jogo, o Rio Branco foi o dono do primeiro tempo e criou as principais oportunidades de gol. O atacante Wanderson teve nos pés a o portunidade de abrir o marcador, após cobrança de falta de André Lessa, o zagueiro Yago tocou de cabeça e a bola sobrou para a conclusão do camisa 9, que perdeu um gol feito.

Após a parada para hidratação dos atletas, a equipe visitante foi ao ataque. Roger Gaúcho chutou de fora da área e a bola passou perigosamente á esquerda da meta de Evandro. O Estrelão revidou logo em seguida, Wanderson recebeu em profundidade, conduziu bem a bola em direção ao gol, mas na hora de tirar o dez, bateu em cima de Rinalde.

A torcida perdeu a paciência com o jogador e passou a gritar pedindo a sua substituição. Em meio a insatisfação do torcedor, o atacante ainda tentou mais uma vez, chamou a responsabilidade e partiu para cima da defesa adversária, mas acabou batendo no meio do gol para defesa tranquila do goleiro rival.

Definitivamente não era o dia de Vanderson, que foi substituído no segundo tempo. O Estrelão ainda chegou com André Lessa e Negueba, mas nada de gol. No final do primeiro tempo, o clima esquentou na área do Rio Branco e cada time perdeu um jogador, Yago Santos do Rio Branco e Brumate do Asa-AL levaram cartão vermelho por troca de agressões.

No segundo tempo, com apenas dez de cada lado, as equipes começaram a dosar a parte física, o Fantasma chegou a marcar mas a arbitragem observou posição irregular e anulou o gol. Minutos depois surgiu mais confusão na partida, e após ouvir o assistente, o árbitro do jogo expulsou Christian do time Alagoano e Iago Ramon do Alvirrubro.

Com quatro expulsos, aumentaram os espaços, porém ninguém soube aproveitar e o confronto foi marcado pelas paralisações. Mesmo assim, nos minutos finais a equipe acreana chegou a levar perigo ao gol adversário, principalmente com o veloz Luan, que tocou para Wilker mas o atacante errou o alvo. E também com o experiente Ciel, arriscando de longe, aproveitando falha da defesa. E em seguida, em cobrança de falta, que e não explode no defensor tinha endereço certo.

O time de Arapiraca atuava nos contra ataques e nas bolas paradas, mas sem acertar o alvo e a partida chegou ao fim com o placar zerado. Com esse empate no primeiro jogo, a decisão da vaga para as quartas de final será definida no próximo domingo (14), em Arapiraca, interior alagoano.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*