Rio Branco estreia contra o Fortaleza, no próximo dia 12, no Arena da Floresta

A CBF publicou na tarde desta terça a tabela do 1º turno da Série C, com a inclusão do Estrelão

O Estrelão estreia contra o Fortaleza/CE, dia 12 deste mês, no Estádio Arena da Floresta, a partir das 20h30. Depois o time acreano volta a campo só no dia 03 de julho, após a Copa das Confederações, contra a Luverdense/MT, no Mato Grosso.

O técnico do Rio Branco, Álvaro Miguéis, assumiu a equipe na última quinta-feira (30/05) e terá mais oito dias para preparar o elenco até o confronto com o Fortaleza.

A diretoria estrelada deve anunciar reforços durante esta semana. O primeiro é o zagueiro Gilson, ex-Plácido de Castro. O jogador será apresentado nesta quarta-feira (05), no Estádio José de Melo.

O Fortaleza já está tomando as providências para a viagem ao Acre, que deverá acontecer na próxima segunda-feira,10. Antes da partida contra o Rio Branco, o Tricolor de Aço enfrentará o Águia de Marabá, no estádio do Junco, na cidade de Sobral, interior do Ceará.

O tricolor cearense, mesmo com o mando de campo, fará dois jogos no interior do Estado, devido a uma punição sofrida, por causa da última partida da Série C do ano passado, quando a torcida invadiu o campo de jogo do Estádio Presidente Vargas (PV), após a eliminação do time na competição.

Na estreia desta temporada, o Leão, fora de casa, venceu o Baraúnas/RN (4 x 1).

21 clubes

A principal novidade da Série C do Brasileirão 2013 é que o Grupo A ficará com onze times. Sendo assim, um clube deve folgar por rodada. Consequentemente, a chave terá três rebaixados. O caso, porém, está longe de chegar ao final, pois o Cianorte, quinto colocado da última Série D, também pleiteia uma vaga na Série C por conta do imbróglio.

Dono de várias liminares, que excluíam o Rio Branco da competição e o incluíam na disputa, o Treze aceitou retirar todos os pedidos, se tivesse como garantias judiciais, que a CBF, não o excluiria da competição de 2013. Mesma situação do Rio Branco, que teve que encerrar suas ações para que o caso fosse arquivado.

A CBF já confirmou também que em 2014, a competição voltará a ter 20 participantes, com isto, três representantes do Grupo A serão rebaixados, deixando a disputa ainda mais quente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*