Rio Branco vence clássico contra o Humaitá e se garante na 2ª fase da Série D

Tourão de Porto Acre saiu na frente mas não conseguiu segurar o Estrelão

Foto: Manoel Façanha

Clássico Acreano no Campeonato Brasileiro da Série D 2022. Rio Branco e Humaitá se enfrentaram pela 12ª rodada no estádio O Florestão na capital acreana. A equipe do interior abriu o placar com Fernandinho, mas o Estrelão reagiu no segundo tempo com gols de Wilker e Mateus Nego e conquistou a vitória de virada.

Já sem chances para se classificar para a próxima fase da competição, o Tourão entrou em campo com um time repleto de garotos da base. Por outro lado, o Rio Branco, que briga pela liderança do grupo A1, veio com sua força máxima para o confronto.

O Alvirrubro começou com mais posse de bola, no entanto voltou a apresentar os costumeiros erros, cria jogadas mas ainda encontra dificuldades na hora da conclusão. O primeiro lance de perigo saiu dos pés do proativo Negueba, que aos 13 minutos de bola rolando, arriscou de fora da área e a bola passou à esquerda do gol, assustando o goleiro Felipe. Aos 26 foi a vez de Matheus Nego aproveitar lance na área. O atacante dominou e bateu forte, a bola desviou na defesa e saiu em escanteio.

Por sua vez, o Humaitá levava perigo nas bolas paradas, principalmente com os chutes do inspirado Fernandinho. Aos 30, o meia bateu falta no canto mas Evandro Gigante conseguiu defender. Aos 42, quem se deu melhor foi o jogador do atual campeão acreano. Fernandinho acertou um chute de fora da área vencendo o arqueiro rival. 1 a 0 Humaitá. O Estrelão ainda tentou o empate nos minutos finais da etapa inicial. Wanderson teve a chance mas mandou por cima do gol adversário.

O Rio Branco voltou para o segundo tempo com quatro modificações, após análise do professor Bruno Monteiro. Saíram Cássio, Ciel, Marcão e Rabiola para as entradas de Wilker, Luan, João Victor e Isaías.
Com as alterações o Alvirrubro passou a ser mais incisivo e o gol de empate não demorou muito para sair. Após duas boas chances, uma com Luan aos 4 minutos e outra com Wanderson aos 6, o Rio Branco foi letal, em mais uma boa jogada do atacante Luan pela direita, que invadiu a área, se livrou do marcador e tocou para Wilker completar para o fundo das redes do Tourão, deixando tudo igual no duelo. Aos 23, João Victor do Rio Branco fez falta grave e foi expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Mesmo com um jogador a menos, o Estrelão não se abateu e continuou pressionando em busca do gol da virada. Aos 37, Luan invadiu a área novamente pela direita, no lance Vinícius colocou a mão na bola dentro da área e o juiz marcou penalidade máxima contra a equipe do interior. Mateus Nego cobrou com extrema categoria sem chances para o arqueiro Felipe. O Humaitá quase chegou ao empate aos 44, Fernandinho novamente cobrando falta, mas Evandro Gigante fez uma excelente defesa, garantindo a vitória do Rio Branco.

Com o resultado o Estrelão garantiu com antecedência a classificação para a segunda fase da da competição nacional e permanece na vice-liderança do Grupo A01 com 24 pontos. Por outro lado, o Humaitá segue na sétima colocação com 6 pontos, já sem chances de avançar à fase seguinte.

Os representantes do Acre na Série D voltam a campo no próximo domingo (10). O Rio Branco vai até Manaus-AM para o duelo contra o São Raimundo-AM. A partida será às 14h (horário local) no estádio da Colina na capital amazonense. Já o Humaitá recebe o Porto Velho-RO, às 16h, no estádio O Florestão, em Rio Branco-AC.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*