Acadêmicos bloqueiam acesso à Ufac

Acadêmicos do segundo período do curso de Agronomia da Ufac não conseguem efetuar matrícula e em protesto fecham o principal acesso à universidade. Segundo os estudantes, teria ocorrido um erro administrativo que entregou as vagas de 7 matérias a outros acadêmicos veteranos que estavam com pendências curriculares.

Do meio dia às 3 da tarde desta segunda-feira, o principal acesso à Universidade Federal do Acre (Ufac) ficou interditado por acadêmicos do curso de Engenharia Agronômica. Os estudantes que teriam que ingressar para o segundo semestre alegam que estão impossibilitados de efetuar as matrículas, por que elas já foram ocupadas. Estudantes de outros anos, que estavam com matérias pendentes conseguiram fazer a matrícula na frente e deixaram dezenas de outros em situação regular, sem vaga. De uma turma de 45 alunos, apenas 3 conseguiram matrícula em todas as matérias. “O prejuízo é por que essas disciplinas são requisitos para o próximo ano. Então se a gente não fizer, vamos ficar sem aula ano que vem”, explicou a acadêmica Daniele Cunha.

Em reunião na pró-reitoria os estudantes teriam sido informados que uma solução seria abrir turmas alternativas pela manhã ou reposição das aulas em período de férias. Situações que eles discordam por que têm compromissos de trabalho e estágio no período. “Dizem que as matérias são dos veteranos por que ele tem mais carga horária que nós, calouros, mas se não estudarmos nunca teremos carga horária”, questiona o acadêmico Sanderson Cordeiro.

O caso foi parar no Ministério Público Federal. Os estudantes pedem a interferência do MPF através de uma liminar para assistir as aulas de 7 matérias do curso de agronomia.Na coordenação do curso, fomos informados de que o coordenador entregou o cargo.

Segundo informou a secretária da Pró reitora Socoro Neri, a situação das matrículas de agronomia já foi resolvida na semana passada. Ela não soube responder por que mesmo assim, o coordenador do curso entregou o cargo. Uma nova reunião entre as partes está marcada para amanhã.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*