Acre permanece classificado em bandeira amarela, nível de atenção

Regional do Alto Acre registrou aumento em 300% no índice de novos óbitos

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 (CAECOVID) publicou uma nota técnica na Agência de Notícias do Estado nesta sexta-feira (23) informando que todas as regionais do Acre seguem classificadas em bandeira amarela, nível de atenção.

O período analisado pelo comitê foi de 4 a 17 de julho. A regional do Alto Acre que compreende os municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri recebeu nota oito e teve um aumento em 100% no índice de novas internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARG) e não registrou óbitos nos últimos sete dias da classificação.

A regional do Baixo Acre que compreende os municípios de Acrelândia, Bujari, Capixaba, Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Senador Guiomard, recebeu nota seis na classificação geral. Houve uma redução de 40% no índice de óbitos por covid-19 na regional e uma redução de 29% na ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

A regional do Juruá e Tarauacá/Envira que compreende os municípios de Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá, recebeu nota sete na classificação geral. Houve uma redução de 3% no índice de isolamento social e um aumento de 300% no índice de novos óbitos por covid-19.

Desta forma, todas as medidas anunciadas anteriormente permanecem a valer em todo o território acreano.

Foto: Reprodução.

Deixe uma resposta