Bairro da Base: queima de fogos é atração

Quem chegar ao bairro da Base e procurar por Jamilde Darube, com certeza vai encontrar dificuldades em localizá-lo. Mas se perguntar por Ted Fogueteiro, aí sim, você vai estar frente a frente com um dos moradores mais conhecidos da comunidade.

Há quase três décadas, Ted iniciou uma tímida queima de fogos durante a virada de ano às margens do rio Acre. Um começo cheio de dificuldades. Para não deixar a data passar em branco e o céu de Rio Branco sem cores, ele já chegou a tirar dinheiro do próprio bolso.

“Muitas dificuldades e muitas barreiras”, lembra Fogueteiro. Porém, isso ficou para trás. Os anos passaram e o Reveillon da Base ganhou fama e prestígio. Ted conta com a ajuda de empresários e do próprio poder público para proporcionar o show pirotécnico.

Quando chega o dia 31 de dezembro, Ted diz que se transforma em outra pessoa. É um sentimento que fica até complicado para explicar. “Uma emoção impressionante. Só Deus sabe da alegria que fico depois”, comenta.

Ted explica que existe todo um rito antes da queima dos fogos de artifício. Para maior segurança, a área é completamente isolada do público. E uma oração antecede o momento mais aguardado da noite.

Os preparativos deste ano já estão praticamente concluídos. A estimativa é que, pelos menos, dez mil pessoas compareçam ao Reveillon da Base. Ted Fogueteiro garante que o espetáculo vai durar entre 10 e 15 minutos. E para animar a festa, uma banda local se apresenta ao público.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*