Brasil: economia deverá crescer menos em 2014

Menor crescimento da economia do Brasil no ano que vem. Esta é a projeção do Conselho Nacional da Indústria, que, na manhã desta quinta-feira, 19, em Brasília, reuniu os profissionais da imprensa de todo o país.

De acordo com a CNI, a economia brasileira deverá crescer menos em 2014 e o PIB (Produto Interno Bruto) deve crescer 2,1% no próximo ano, contra 2,4% em 2013. As previsões são mais baixas que as do governo. O Orçamento Geral da União de 2014, aprovado esta semana pelo Congresso, projeta expansão de 3,8% para o próximo ano. A indústria deve acelerar no próximo ano, mas ainda vai registrar baixas taxas de crescimento. Segundo o estudo, a queda do ritmo de crescimento do PIB será provocada pela desaceleração dos investimentos, que devem subir 5% em 2014, contra 7,1% previstos para este ano.

Entre os principais riscos para a economia brasileira, o estudo cita a inflação e o próprio calendário eleitoral. De acordo com a entidade, as eleições desestimulam as tomadas de decisões.

De acordo com a CNI, os investimentos também crescerão menos no próximo ano por causa do aumento dos juros e do baixo nível de confiança dos empresários, e, por conta do excesso de burocracia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*