Caravana da Justiça realiza agenda no Jordão

A Caravana da Justiça, composta por 14 pessoas, incluindo representantes do TJAC, da Defensoria Pública e do Ministério Público do Acre, aterrissou no município de Jordão, na manhã da última sexta-feira (20), dando início a uma vasta programação, que movimentou o feriado municipal de São Sebastião.

A partir da agenda, a presidente Cezarinete Angelim, conclui sua gestão visitando todas as comarcas instaladas e não instaladas, na Capital e no interior do Acre.

“Chegar até aqui não foi fácil, foram muitas as dificuldades enfrentadas, mas o Poder Judiciário não poderia se furtar do seu dever constitucional de distribuir justiça a todos àqueles que dela necessitem. E com o município de Jordão, apesar das suas peculiaridades geográficas, que o tornam de difícil acesso, não poderia ser diferente. Aqui chegamos neste 20 de janeiro na certeza do dever cumprido”, pontuou Cezarinete Angelim.

O Defensor Público Geral, Fernando Morais, elogiou a iniciativa da atual gestão do Poder Judiciário, e confirmou presença nas agendas futuras que venham a ser realizadas em prol da sociedade, sobretudo, daqueles menos favorecidos. “A nossa intenção é estreitar os laços nesse sentido, entre a Defensoria Pública e o Tribunal de Justiça, para que possamos intensificar esses atendimentos em todas as comarcas”, assegurou.

Instalação do Cejusc-Jordão

Um dos pontos altos da programação foi a instalação de uma unidade do Centro de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), que passará a funcionar em um espaço cedido pela Prefeitura Municipal, por meio de Termo Cooperação Técnica, firmado no ano passado.

Uma das prioridades da atual Administração da Justiça Estadual, o Cejusc possui uma dinâmica de funcionamento que garante rapidez à resolução de problemas, sem burocracia, antes mesmo deles se tornarem processos judiciais.

Atendimento imediato

Logo após a instalação do Cejusc, o Juiz de Direito Marlon Machado, acompanhado do Defensor Público Geral, Fernando Morais, e do promotor de Justiça, Fernando Terra, iniciaram os atendimentos a população local. A equipe contou ainda com o suporte do diretor judiciário, Victor Minikoski. Foram realizados atendimentos principalmente na área de Família, com a homologação de Acordos para pagamento de alimentos; e também um caso de ameaça.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*