Caso Gildemar: TJ concede HC a um dos acusados

O Tribunal de Justiça do Acre concedeu habeas corpus (0008901-96.2013.8.01.0001) ao tenente PM Jersey James Costa da Silva, um dos acusados de envolvimento no caso do desaparecimento do auxiliar de pedreiro Gildemar da Silva Lima, 25, ocorrido no mês de julho deste ano. A decisão, por maioria de votos, aconteceu na manhã desta quinta-feira, 12, em sessão ordinária da Câmara Criminal.

A relatora da ação, desembargadora Denise Bonfim, votou pela denegação da ordem, sendo vencida pelo voto do desembargador Francisco Djalma, que concedeu a ordem e foi acompanhado pelo desembargador Pedro Ranzi, convidado a compor a Câmara Criminal.

Os demais policiais militares presos no caso Gildamar tiveram seus pedidos de habeas corpus negados pelo órgão colegiado do TJ acreano.  

Confira a decisão da Câmara: “Decide a Câmara, à unanimidade, rejeitar a preliminar de incompetência suscitada pelos impetrantes. No mérito, por maioria, conceder a ordem, com imposição de medidas cautelares. Vencida a Relatora. Designado para lavratura do acórdão o Des. Francisco Djalma. Câmara Criminal – 12/12/2013.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*