thumb Cidade-do-Povo-Fotos-Assis-Lima-101

Cidade do Povo: Marcus Alexandre prestigia evento

O governador Tião Viana acompanhado do prefeito Marcus Alexandre e dos ministros Francisco Teixeira, da Integração Nacional,  e Gilberto Occhi, das Cidades, entregaram nesta quinta-feira, 22, as  primeiras 392 casas da Cidade do Povo, o maior empreendimento habitacional já implantado no Acre pelo Governo do Estado. Autoridades federais, estaduais e municipais de todos os poderes estiveram presentes. “Esta obra mostra que todo nosso esforço está valendo a pena”, disse o prefeito. “O governador Tião Viana e a Presidenta Dilma estão realizando o sonho de quem mais precisa”, completou Marcus Alexandre.

 A maior obra pública do   Estado do Acre a Cidade do Povo contempla 10.518 moradias com toda infraestrutura e equipamentos prioritários numa área de aproximadamente 700 hectares de extensão. A Cidade do Povo está sendo constituída em duas etapas. Na primeira, o Governo do Estado fará a entrega de 3.348 casa  para as famílias que vivem nas áreas de risco de Rio Branco. As primeiras 392 famílias passam a partir desta quinta-feira, 22, a habitar a Cidade do Povo. A Prefeitura mantém vários serviços no residencial, entre eles parte do atendimento médico, a assistência social, a educação infantil, coleta de lixo e o transporte coletivo.

As fortes chuvas que caem no Acre e a cheia histórica do Rio Madeira  impossibilitaram  o transporte de insumos para Rio Branco, atrasando a entrega do total de residências. Das  392 moradias iniciais a meta para os próximos meses  é que se possa atingir o quantitativo de 3.348 casas consolidando assim  a primeira fase do projeto. Os ministros garantiram que tanto o Governo do Estado quanto o município de Rio Branco seguirão recebendo investimentos e apoio do Governo da Presidenta Dilma Rousseff. “Aqui vai ser a cidade da responsabilidade social e da cidadania neste País”, disse o governador.

Um conjunto de secretarias do Estado e do Município de Rio Branco estão fazendo  o   acompanhamento desses primeiros beneficiários, em geral   pessoas em situação de vulnerabilidade social e habitacional, inscritas no programa Bolsa Família, moradoras de áreas de risco. A Cidade do Povo não se trata apenas de um projeto que visa construir unidades habitacionais. Como se trata de uma construção de casas em grande escala, o governo do Estado preocupou-se em disponibilizar para as cerca de 50 mil pessoas previstas para viver naquele conjunto,  toda a infraestrutura necessária e equipamentos públicos prioritários como escolas, creches delegacias, praças, unidades de saúde, mercado, acessibilidade, iluminação publica e, inclusive, uma estação de tratamento de esgoto (ETE) no local.

O projeto Cidade do Povo irá disponibilizar a todas as famílias que irão viver no empreendimento, atendimentos voltados para a educação, saúde, segurança e lazer. As estruturas responsáveis por oportunizar estes serviços no local nesta primeira etapa das obras, já se encontram, a grande maioria, em construção. No entanto, até que estes trabalhos possam ser concluídos, o governo do Estado disponibilizará temporariamente na Unidade Administrativa do empreendimento, os seguintes serviços públicos como a unidade de atendimento básico em saúde; posto de atendimento da Polícia Civil; posto de atendimento do corpo de Bombeiros Militar; posto de atendimento da Polícia Militar; e escritório técnico das Secretarias: SEOP, SEHAB, entre outros órgãos de governo.

Comércio de primeira necessidade é algo essencial numa comunidade. Assim o Governo do Estado iniciou em janeiro deste ano, a construção do Mercado Central da Cidade do Povo. No local, alimentos típicos de mercado serão disponibilizados para o consumo das famílias pertencentes ao novo bairro de Rio Branco. No entanto, até que as obras sejam finalizadas, o governo estará disponibilizando grande parte destes serviços na “Galeria do Povo”, construída para atender prioritariamente este primeiro público. As galerias serão compostas por pensões e mercantis açougues e outros serviços.

Deixe uma resposta