Congresso homenageou Chico Mendes

O evento no plenário do Senado lembrou os 25 anos de morte do ambientalista Chico Mendes. Conhecido internacionalmente por sua luta em favor dos seringueiros e da proteção da floresta amazônica, ele foi assassinado a tiros, em Xapuri, no dia 22 de dezembro de 1988, uma semana depois de completar 44 anos. Além da sessão solene, o ambientalista foi homenageado com a aprovação de projeto que o declara Patrono do Meio Ambiente no país.

Aprovado na última quarta-feira (11), o texto foi sancionado pela presidente Dilma Roussef. A sessão requerida pelo senador Aníbal Diniz e o deputado Sibá Machado foi presidida pelo vice-presidente do Senado, Jorge Viana.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*