Debate do PT acaba em agressões

O evento que deveria ser para o confronto de ideia entre os candidatos à presidência do PT na noite de ontem acabou em muita confusão e sem o principal objetivo realizado: debater propostas. Agressões físicas e verbais deram o tom do evento. Tudo começou após uma das primeiras intervenção da noite feitas por Francisco Nepomuceno, o Carioca.
 
O cardeal petista disparou críticas para de todo o mundo, em especial o deputado federal Sibá Machado, candidato adversário de Carioca.. Este foi o estopim para o grupo de Sibá começar as primeiras manifestações que deixaram os membros da Democracia Radical (DR) tendência que hoje domina o PT e apoia a Ermício Sena enfurecidos.
 
Logo em seguida um integrante da DR, Otaniel Almieda, fez duras críticas a Sibá Machado e teria feito agressões verbais  ao deputado Jonas Lima. Depois provocou um dos líderes da tendência Democracia Socialista (DS), Valdemiro Rocha, ao dizer que ele não era “homem suficiente” para usar o microfone para fazer as mesmas críticas espalhadas nas redes sociais.
 
A provocação ferveu o sangue de Valdemiro que foi para as vias de fato com Otaniel, não ocorrendo socos e pontapés por intervenção dos demais companheiros. Depois daí o debate precisou ser encerrado por não haver mais ambiente para tal. O debate ficará para uma próxima oportunidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*