Decisão do STF preocupa bancada do Acre no Congresso

Ainda ontem, 5, ao tomar conhecimento do resultado do julgamento da ação dos 11 mil servidores do Acre, como ficou conhecida, na qual os ministros dão um prazo de 12 meses para que eles sejam demitidos do serviço público, o senador Jorge Viana pediu a união da bancada para tentar resolver o impasse.

Viana disse estar ciente da decisão do Supremo, mas que ainda há o que fazer com orientação jurídica da Procuradoria Geral do Estado. Ele garantiu que o número de servidores atingidos não alcança o montante de 11 mil como vem sendo divulgado nos últimos anos; esse número, segundo ele, deve variar entre 2.500 e 3 mil e que esses servidores  são extremamente necessários para o serviço público, na capital e nos municípios.

Nesse momento, disse Jorge Viana, se faz necessária a união de todos de forma coordenada (bancada federal, estadual, governo e Procuradoria Geral do Estado) como forma de salvar o emprego desses servidores que já dedicaram parte de suas vidas ao estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*