Defesa Civil de Rio Branco calcula prejuízos causados pelo temporal

Ainda nesta terça-feira (7) residências estão com a energia elétrica cortada

Depois do temporal que ocorreu em Rio Branco, e também em outras cidades acreanas, na tarde desta segunda-feira (6), o cenário é de pós-guerra em vários bairros. De acordo com o cálculo médio da Defesa Civil de Rio Branco, o vento chegou de 50 a 55 quilômetros por hora, e o estrago foi grande.

“Na região do Segundo Distrito foram atingidos diversos bairros, nós tivemos desfilamento de casa, queda de postes em via pública, desabamento de muros, comprometimento de edificação, muito destelhamento, quedas de árvores, inclusive registrando onze árvores sobre residências, e nós estamos desde a noite de ontem fazendo levantamento de danos”, afirmou o major Claúdio Falcão.

Houve ainda registros de pessoas que se feriram de forma leve, e segundo o major, não houve nenhum risco de morte. “Mas em um momento como este, que nós temos telhas voando aos quatro cantos, esses objetos tocando nas pessoas evidentemente vai causar ferimentos”.

Na Travessa Tchesco, no bairro Santa Inês, em Rio Branco, um poste de energia caiu e ainda nesta terça-feira (7), havia residências com a energia elétrica cortada, para garantir a segurança do local, segundo a Energisa.

“Nós estamos fazendo o levantamento de dano, nós estamos acompanhados aqui inclusive da Secretaria de Assistência Social, justamente pra verificar a situação dessas famílias, para poder ver o que se pode ser feito. A Defesa Civil ao longo do dia vai visitar esses locais pra emitir relatórios técnicos e também ver o que o poder público pode oferecer pra essas famílias”, concluiu o major.

Informações da repórter Aline Rocha para a TV Gazeta

One Comment

Deixe uma resposta