thumb Censo-do-Depasa

Depasa quer saber nível de satisfação dos usuários

De casa em casa, agentes do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento, Depasa, percorrem os bairros de Rio Branco e realizam pela primeira vez o censo do recadastramento. Diversas perguntas são feitas aos moradores.

O órgão quer saber a regularidade no abastecimento, vazamentos e também o nível de satisfação dos usuários com o serviço oferecido. O levantamento começou pelo Segundo Distrito da cidade e atualmente a pesquisa é feita no bairro Santa Inês.

Umas das residências visitadas foi a do aposentado José dos Santos, morador da comunidade há 19 anos. “Procuro atender bem o pessoal e aproveito para me regularizar”, disse. O Depasa não sabe ao certo para quantas pessoas fornece água.

Uma recente pesquisa aponta Rio Branco com índice de desperdício de 67%, um dos maiores entre as capitais brasileiras. “Com este censo queremos nos atualizar e saber, por exemplo, quais as demandas de abastecimento de cada bairro”, enfatizou Felismar Mesquita, diretor-presidente do Depasa.

A expectativa é que 80 mil residências sejam visitadas em quatro meses. Os agentes do Depasa são caracterizados com roupas verdes e que trazem o nome do órgão. Mesquita garante que todas as informações são guardadas sob sigilo. “É importante que a população colabore para termos um serviço cada vez mais eficiente e melhor”, expôs.

Deixe uma resposta