Deputado cobra mais doutores para Amazônia

Deputado Sibá Machado e representantes de universidades da Amazônia cobram no Ministério da Ciência e Tecnologia aceleração do projeto que aumenta o número de doutores na região Amazônica. A matéria recebeu apoio da comunidade científica de todas as regiões do país.
 
De iniciativa do deputado Sibá Machado, o Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação pretende buscar recursos de R$ 2 bilhões para irrigar o programa.

A ideia é fixar 10 mil doutores na região Amazônica, em 10 anos, de todas as áreas de conhecimento. Sibá Machado disse que dos 85 mil doutores do Brasil, a Amazônia dispõe apenas de quase quatro mil e que a ausência de deles reflete diretamente na qualidade das Universidades.

Por essa razão, o pleito foi levado aos Ministérios da Educação e Ciência e Tecnologia, com boa receptividade por parte dos ministros das duas pastas. O parlamentar declarou ainda que a determinação e a união de esforços de um grupo de parlamentares e da comunidade científica brasileira serão fundamentais para o desenvolvimento da região.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*