Deputados voltam a criticar distribuição de apitos

A iniciativa da secretaria de segurança pública em distribuir apitos para a população acreana como forma de combater o crescente índice de violência em Rio Branco continua gerando intensos debates na Assembleia Legislativa do Acre.

Na manhã desta quinta-feira, 15, o deputado da base governista, Walter Prado (PROS) usou a tribuna da Casa do Povo para criticar o projeto gestado pela Secretaria de Segurança Pública do Acre.

Em sua fala Prado alertou a população a não apitar em caso de assalto. “Não apite perto de bandido porque você leva bala”, disse o parlamentar.

Citando o exemplo de assalto ocorrido em uma lotérica, na tarde de ontem, em frente ao Mercado do Bosque, o parlamentar afirmou que se lá tivessem usado apitos, isso poderia ter resultado em vítimas fatais. “É grave espalhar um movimento desta natureza, como destes apitos. A pessoa taca apito e o assaltante devolve bala. Precisamos ter cautela”, comentou.

Walter Prado parabenizou a iniciativa do governo em retomar a força tarefa, iniciativa que ele criou na época em que foi diretor de polícia, na administração do petista Jorge Viana. “Venho propondo esta iniciativa há mais de três anos. Só agora o governo resolveu trazer de volta esta iniciativa que realmente garante segurança para população. Este negócio de apitar é piada de mau gosto”, finalizou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*