Em Cruzeiro, Câmara vai empossar suplente na vaga de vereador preso

A Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul vai empossar nos próximos dias o suplente de vereador Carlos Alves da Silva (PSD), na vaga do vereador Marco Cândido da Silva (PMDB), que está preso desde dezembro de 2013.

Segundo o presidente da câmara de vereadores de Cruzeiro do Sul, Romário Tavares, a decisão foi tomada pela mesa diretora e o departamento jurídico da câmara. No dia 22 de abril, o suplente de vereador, Carlos Alves da Silva, do PSD deve ser empossado. Ele vai ocupar a cadeira deixada pelo vereador Marcos Cândido da Silva, conhecido como Marco Lima Verde, preso sob a acusação de corrupção de menores. “A lei orgânica prevê que um vereador não pode ficar afastado de suas funções durante 120 dias. No dia 20 de abril completa 120 dias que o vereador Marco Lima Verde se encontra preso e afastado”, disse.

O vereador Marco Lima Verde foi o mais votado nas eleições de 2012. A prisão do parlamentar surpreendeu a população de Cruzeiro do Sul. Marco foi indiciado por estupro e corrupção de menores. As vítimas segundo a polícia têm idade entre 12 e 16 anos. As investigações começaram após a mãe de uma das menores denunciá-lo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*