Empresários conhecem nota fiscal eletrônica

A Prefeitura de Rio Branco reuniu nesta terça-feira, 21, contadores e empresários para apresentar a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-E), que visa controlar a emissão de operações de prestação de serviços do município.

Até o mês de agosto, todas as empresas prestadoras de serviço no município de Rio Branco devem ser cadastradas junto à prefeitura, para passar a emitir a nota fiscal eletrônica. Com o novo sistema, a arrecadação anual do município com o ISS, Imposto sobre serviços, deve passar de R$ 42 milhões para R$ 100 milhões.

Segundo o auditor fiscal Wilson Leite, a nota fiscal eletrônica vai proporcionar mais controle nas operações. “Pro fisco municipal é significativo por conta do controle que nós vamos ter sobre as notas emitidas e hoje o quadro de fiscais é insuficiente para atender a demanda de empresas que prestam serviços em Rio Branco”, acrescentou.
 
A Nota Fiscal Eletrônica (NFS-e) estará disponível através do portal da Prefeitura e é um documento fiscal gerado pelo site em tempo real ou em lote, pelos prestadores de serviços.

Nesta terça, empresários e contadores acompanharam “um passo a passo” do novo sistema e também as mudanças na legislação sobre quais atividades terão a retenção do ISS. O encontro foi promovido em parceria com o sindicato dos contadores.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*