Epitaciolândia fica sem vice-prefeito

Os dias nãos estão nada fáceis para a prefeitura de Epitaciolândia. O vice-prefeito Raimundo Gondin foi afastado por cargo por decisão da Justiça Federal e o prefeito André Hassem será investigado pelo Tribunal de Contas do Estado por ter contrato diversos parentes em cargos de confiança da prefeitura.

As nuvens pesadas chegaram a com a informação de que o Tribunal Regional Federal da primeira região negou a apelação do vice prefeito de Epitaciolândia Raimundo Gondin e do vereador Daniel Dorzila num processo de falsidade ideológica. Os dois tiveram os diretos políticos cassados por oito anos e foram retirados do cargo.

A dupla foi acusada também de fraude processual. Os crimes ocorreram em 2008, durante o período de campanha, quando ambos lutavam pelos cargos de vereador. Eles foram flagrados  distribuindo notas de combustível para uma carreata. Em primeiro grau foram condenados, recorreram da decisão, mas a Justiça manteve a cassação do vereador e do vice prefeito.

Já o prefeito André Hassem  é acusado de colocar seis parentes, entres eles, a própria irmã. A conselheira  Dulcinea Benício decidiu abrir um procedimento de investigação. Só falta decidir  se vai fazer uma diligência no município ou pedir os documentos referentes a folha de pagamento.

Dependendo do que for encontrado o prefeito pode ser acusado de nepotismo e pode ser processado judicialmente, além de ter problemas com a prestação de contas, ser multado e perder os direitos políticos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*